Artigos

Os resultados dos fundos imobiliários CORUM em 2021

Em 2021, os nossos fundos imobiliários do Grupo CORUM voltaram a proporcionar um sólido desempenho, acima da média do mercado*. Pelo décimo ano consecutivo, o fundo imobiliário CORUM Origin excedeu a sua meta de desempenho** de 6% por ano, com 7,03% em 2021. CORUM XL excedeu a sua meta de 5% pelo quinto ano consecutivo, com um desempenho de 5,84%.

Fundos imobiliários mais uma vez excedem o seu objetivo anual de desempenho e demonstram a sua capacidade de lucrar com os ciclos imobiliários

Em linha com os resultados dos últimos anos, os nossos fundos imobiliários atingiram o seu objectivo (não garantido) em 2021.

 

Results 2021

Num clima económico ainda incerto, a taxa de ocupação dos edifícios foi mantida a um nível muito elevado (taxa de ocupação financeira de mais de 96% para CORUM Origin e de mais de 99% para CORUM XL). A nossa gestão imobiliária interna permite tanto uma abordagem global como uma abordagem direcionada ao portfólio. A relação próxima e de longa data com os arrendatários ajuda a identificar e antecipar as suas necessidades, prevenindo assim os incumprimentos e a desocupação dos imóveis. Estar atento à evolução do mercado também ajuda a vender edifícios no momento certo, gerando assim ganhos de capital que são distribuídos diretamente aos nossos investidores. CORUM Origin e CORUM XL geraram nada menos que 29,4 milhões em ganhos de capital em 2021, que foram subsequentemente distribuídos como dividendos excecionais aos investidores dos nossos fundos.

Philippe Cervesi, Diretor de Investimentos da CORUM, explica: "Sendo fiéis às suas convicções há mais de 10 anos, a CORUM continua a aplicar a sua estratégia contra o fluxo do mercado, no interesse dos seus investidores, e continuará a fazê-lo. As compras e vendas em 2021 são um bom exemplo disso. Quanto às vendas e aos potenciais pagamentos de dividendos resultantes, a nossa convicção é forte: traduzem valor directamente para a conta bancária do investidor. Eles tornam o desempenho a longo prazo de um fundo imobiliário mais robusto, uma vez que o valor que é ganho não pode ser retirado".

Frédéric Puzin, Presidente do Grupo CORUM:Frederic Puzin "Desde a fundação do Grupo CORUM, temos conseguido manter uma estratégia positiva para os nossos fundos imobiliários apesar das turbulências e crises, o que limitou a volatilidade do capital investido pelos nossos clientes. Desde o seu lançamento, estabelecemos objectivos claros para os fundos imobiliários, que temos mantido ano após ano. Não lucros teóricos, mas sob a forma de dividendos após despesas, pagos mensalmente nas contas bancárias dos nossos investidores. Estamos mais confiantes do que nunca no nosso futuro e no dos nossos investidores, porque as simples fórmulas de gestão que tornaram o nosso sucesso tão grande permanecerão as mesmas: ser oportunista no mercado, não sofrer com o estado do mesmo, mas explorá-lo correctamente e limitar a mobilização de capitais ao que podemos comprar e vender nas melhores condições".

 

Números-chave e destaques (em 31/12/2021)

Mais de 4 mil milhões em ativos sob gestão para os fundos

Mais de 70.000 acionistas

 

Os produtos comercializados pela CORUM são investimentos a longo prazo que não garantem um retorno ou resultados e comportam um risco de perda de capital e liquidez. Os rendimentos não são garantidos e dependerão dos desenvolvimentos nos mercados imobiliários e financeiros e das taxas de câmbio. O desempenho passado não é garantia de resultados futuros.

* Índice de referência: índice IEIF: estimado em 4,20% para fundos imobiliários em 2021

** Taxa de distribuição, definida como o dividendo bruto, antes de deduções fiscais francesas e estrangeiras (pagas pelo fundo em nome do acionista), pago relativamente ao ano N (incluindo os dividendos antecipados extraordinários e a participação nas mais-valias distribuídas, 1,25% em 2021), dividido pelo preço de subscrição no dia 1 de janeiro do ano N da ação. Este indicador permite avaliar a performance financeira anual dos fundos CORUM..

*** Rendimento efetivo: Isto mede a rentabilidade do investimento ao longo de um determinado período. Tem em conta a tendência no valor da acção e os dividendos pagos durante o período, bem como as taxas de subscrição e de gestão pagas pelo investidor. Rendimento efectivo do CORUM Origin em 10 anos: 6,60%, do CORUM XL em 10 anos: 10%.

 

 

Partilhar