The Ocean Race Europe

Depois da participação do skipper CORUM, Nicolas Troussel, na competição de volta ao mundo à vela, Vendée Globe, em 2020, a equipa de vela da CORUM inicia o ano 2021 com a participação na competição The Ocean Race Europe, a bordo de um IMOCA, que começa a 29 de maio em França. Esta competição com tripulação mista decorrerá na Europa e terá em várias etapas.

O percurso

Picto_Ensavoirplus_svg

LORIENT (França)

  • 29 de maio: partida
Picto_Ensavoirplus_svg

CASCAIS (Portugal)

  • 2 de junho: estimativa de chegada
  • 5 de junho: Troféu de Vela da Fundação Mirpuri 
  • 6 de junho: partida para Alicante
Picto_Ensavoirplus_svg

ALICANTE (Espagne)

  • 10 de junho: estimativa de chegada
  • 13 de junho: partida para Génova
Picto_Ensavoirplus_svg

GÉNOVA (Itália)

  • 16 de junho: estimativa de chegada
  • 19 de junho: corrida e cerimónia de entrega de prémios

A tripulação

Nicolas Troussel  -  Skipper

Nicolas nasceu em Morlaix, em França, a 11 de maio de 1974 e cresceu junto ao mar a contemplar os barcos que partiam para a Route du Rhum. Desde criança que se sentia atraído por aquele espaço. Descobriu a vela graças aos cruzeiros de verão às Ilhas da Sicília, durante os quais travou amizade com Armel Le Cléac’h.

Nicolas venceu a Solitaire du Figaro em 2006 de forma brilhante e que acabou por dar origem a uma expressão: "fazer um Troussel", que significa um golpe estratégico audaz e muitas vezes vencedor. Entre Espanha e a Vendée, o skipper partiu do lado oposto da frota e criou numa só noite um distanciamento inultrapassável, que assegurou uma vitória absoluta. Repetiu a proeza em 2008 e entrou no círculo restrito dos duplos vencedores da prova.

Em 2018, tornou-se no skipper oficial do barco CORUM L’Épargne para uma primeira corrida: A Route du Rhum, durante a qual se viu infelizmente obrigado a abandonar a competição. A história continua em 2019 com a Transat Jacques Vabre, desta vez em duo com Jean Le Cam no seu monocasco IMOCA com as cores da CORUM. Terminaram a corrida na 13ª posição, mas alcançaram o segundo lugar na categoria dos barcos de geração anterior, sem foils.

Em 2020, Nicolas realiza o sonho de sua vida ao iniciar o Vendée Globe no IMOCA CORUM, totalmente novo e na vanguarda da tecnologia. Infelizmente, depois de uma boa partida, foi forçado a retirar-se depois ao 9 º dia da corrida. Rumo a 2021, Nicolas está, portanto, pronto para começar a temporada esportiva com The Ocean Race Europe.


>> Mais sobre Nicolas

 

Sébastien Josse  -  Velejador

Originário de Nice, Sébastien cresceu longe da Bretanha e da bacia das corridas oceânicas.Em 1997, juntou-se ao pólo francês de Port-La-Forêt graças à sua vitória no Challenge Espoir Crédit Agricole. Em 2001, ficou em segundo lugar no Solitaire du Figaro. No ano seguinte, ganhou o Troféu Júlio Verne no maxi-catamarã de Bruno Peyron.

Acompanhou competições a bordo de vários barcos, em monocascos, multicascos, transatlânticos, em todo o mundo, sozinho e com tripulação. Sébastien tem um histórico rico e uma experiência única.

Enquanto membro da equipa de vela CORUM desde 2020, Sébastien participou na preparação da Vendée Globe, do IMOCA CORUM e de Nicolas Troussel. Apaixonado, tanto pela técnica como a adrelina da competição, o seu entusiasmo e humor foram unânimes na equipa em 2020. Assim, Sébastien continuará a acompanhar Nicolas em 2021 e faz parte, em particular, da tripulação para The Ocean Race Europe.
 

Marie Riou  -  Velejadora

Para a Marie, a vela é antes de mais uma tradição de família, que rapidamente se tornou numa paixão e hoje um estilo de vida. Entre o pai, entusiasta da vela, e os dois irmãos mais velhos que ocupam os pódios desta modalidade, é aos 7 anos que Marie dá os seus primeiros passos na vela, no porto de Brest. Depois de um projeto olímpico em 470 onde terminou em 2º lugar na seleção francesa, tornou-se técnica da equipa Optimist 420. Também experimentou diferentes barcos, como o multicasco, e regressou em 2008 para um projeto de competição olímpica. Após um 6º lugar nos Jogos Olímpicos de Londres em match racing, Marie iniciou um novo projeto olímpico em Nacra17. Marie é quádrupla campeã mundial e terminou em 6º lugar nos Jogos Olímpicos do Rio. Em 2018, tornou-se uma das três primeiras mulheres a vencer a Volvo Ocean Race e foi galardoada como a melhor velejadora do mundo com sua parceira de equipa Carolijn Brouwer. Em setembro de 2020, Marie venceu o campeonato europeu de duplas mistas offshore com Benjamin Schwartz. Os dois parceiros voltam a encontrar-se no IMOCA CORUM para The Ocean Race Europe.

Marie terá o controlo das manobras no cockpit e faz parte da equipa permanente.

Benjamin Schwartz  -  Velejador

Benjamin descobriu a vela por acaso, com o seu professor de judo. Começou neste desporto com monocascos de 12 metros. Campeão da competição offshore em França em 2019, fez parte de uma equipa profissional durante três anos num barco de 22 metros. Reconhecido pelo seu conhecimento de instrumentos de bordo e análise de desempenho, integrou a equipa vencedora da Volvo Ocean Race em 2018 (responsável pela gestão eletrónica em terra). Em 2020, é campeão europeu em competições de duplas mistas com Marie Riou. 

Benjamin será responsável pela parte eletrónica e faz parte da equipa permanente.