A aquisição de unidades de participação no fundo CORUM (SCPI) é um investimento imobiliário: trata-se de um investimento de longo prazo cuja liquidez é limitada e, o capital e os rendimentos não são garantidos.

Glossário do investimento

IMOBILIÁRIO PROFISSIONAL

Investir em imobiliário profissional pode ser uma solução de investimento complementar em relação a um investimento clássico como o da compra de um apartamento para arrendamento.

Extensão do imobiliário profissional em França

Quando se fala de imobiliário profissional, está a falar-se do conjunto dos edifícios dedicados a atividades económicas como as dos comerciantes e das empresas. Inserem-se portanto nesta categoria os escritórios, os parques de estacionamento ou ainda os hotéis, lojas, oficinas, supermercados, plataformas logísticas, e armazéns

Investir coletivamente em edifícios profissionais

Os particulares estão atualmente a virar-se pra o investimento coletivo em imobiliário profissional, preterindo a compra de habitação dedicada a arrendamento residencial. Várias Sociedades de Gestão propõem aos particulares a aplicação coletiva das suas poupanças em bens imobiliários sob a forma de unidades de participação. Este meio permite a constituição de um capital e de potenciais fontes de receitas complementares.

Especialidades para gerir bens imobiliários empresariais

Investir em imobiliário profissional não exige só determinada competência ou especialidade. De facto, as atividades das áreas profissionais neste setor, dividem-se entre as transações (compra, arrendamento, venda), a gestão, a avaliação e a consultoria.

Imobiliário profissional, um investimento diversificado

O investimento imobiliário representa uma oportunidade de diversificação dos investimentos. Diversificação em termos da atividade das instalações, do perfil do inquilino ou da zona geográfica.  Entre as várias zonas comerciais e industriais, não faltam projetos neste domínio das instalações empresariais.