A aquisição de participações no fundo CORUM é um investimento imobiliário: trata-se portanto de um investimento a longo-prazo cuja liquidez é limitada e o capital e os rendimentos não garantidos. Antes de qualquer investimento em CORUM, como para qualquer investimento imobiliário, deve assegurar-se de que esse investimento é adequado à sua situação patrimonial e aos seus objetivos de investimento. O montante que é razoável investir depende do património pessoal, do horizonte de investimento pretendido e da vontade do investidor em assumir os riscos específicos de um investimento imobiliário. Deve tomar conhecimento previamente dos documentos de informação, nomeadamente dos que são relativos às despesas e aos riscos inerentes aos investimentos em CORUM. O valor das unidades de participação e das receitas inerentes a CORUM tanto pode flutuar positiva como negativamente, em função da evolução dos mercados imobiliários e das condições de arrendamento dos imóveis. As rentabilidades divulgadas representam dados passados, não constituindo garantia de rendibilidade futura. 

Investir a crédito

Comprar unidades de participação CORUM a crédito

Os rendimentos mensais do fundo CORUM podem cobrir uma parte do reembolso do crédito. Contudo, se as receitas das participações não forem suficientes para pagar o empréstimo, ou em caso dos preços estarem mais baixos aquando da venda das participações, competir-lhe-á reembolsar a totalidade do crédito ainda em dívida.